Login  |   Cadastre-se   |   Fale Conosco  |   Trabalhe Conosco  |   Ajuda             Youtube  

25 de abril de 2017
Carrinho Vazio
Você está em: Home >> Liturgia Diária


Compartilhe: Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut Compartilhe no Twitter

Liturgia do dia 25/04/2017


Leituras
1Pd 5,5b-14
Sl 88(89),2-3,6-7,16-17 (R. cf. 2a)
Mc 16,15-20

2ª Semana da Páscoa Ano A

Terça-Feira

Primeira Leitura: 1Pd 5,5b-14

Carissimos: 5b Revesti-vos, todos de humildade no trato mútuo, porque Deus resiste aos soberbos, mas dá aos humildes a sua graça. 6 Humilhai-vos, portanto, sob a poderosa mão de Deus, para que ele em tempo oportuno vos exalte. 7  Confiai-lhe toda a vossa inquietude, porque ele tem cuidado de vós. 8 Sede sóbrios! Vigiai! Vosso adversário, o Diabo, ronda qual leão a rugir, buscando a quem devorar. 9 Resisti-lhe firmes na fé, certos de que os mesmos sofrimentos atingem vossos irmãos dispersos pelo mundo. 10 E o Deus de toda a graça, que em Cristo vos  chamou à sua glória eterna, a vós que sofrestes um pouco, ele mesmo vos há de aperfeiçoar, firmar, fortalecer e vos tornar inabaláveis. 11 A ele, o poder pelos séculos dos séculos! Amém! Conclusão, recomendações e saudações. 12 Por meio de Silvano que, a meu ver, é vosso irmão de confiança, escrevi estas poucas palavras para vos exortar e atestar que esta é a verdadeira graça de Deus. Permanecei firmes nela. 13 Saúda-vos a Igreja de Babilônia, vossa companheira de eleição, como também Marcos, meu filho. 14 Saudai-vos uns aos outros com o beijo da caridade. Paz a todos vós que viveis em Cristo.

Salmo: Sl 88(89),2-3,6-7,16-17 (R. cf. 2a)

R. Senhor, eu cantarei, eternamente, o vosso amor.

2 Senhor, cantarei sempre a tua graça, direi às gerações quanto és fiel; 3 a tua graça é firme como a terra; tua fidelidade, como o céu.

6 Senhor, os céus celebram teus prodígios, tua fidelidade, os santos todos. 7 Pois quem nos céus será como o Senhor, qual dos filhos de Deus lhe é semelhante?

16 Como é feliz o povo que se alegra, ao caminhar à luz da tua face, 17 que celebra o teu nome o dia todo, que tua justiça exaltará!

Evangelho: Mc 16,15-20

15 E disse: “Ide ao mundo inteiro, proclamai o Evangelho a todas as criaturas. 16 Quem crer e for batizado será salvo. Quem não crer será condenado. 17 Eis os milagres que acompanharão os que crerem: em meu nome expulsarão demônios, falarão línguas novas, 18 pegarão em serpentes e, se beberem um veneno mortal, não lhes fará mal algum; imporão as mãos sobre os enfermos, que serão curados”. 19 Depois que lhes falou, o Senhor Jesus foi arrebatado ao céu e sentou-se à direita de Deus. 20 Então os discípulos foram proclamar a Boa Nova por toda a parte, cooperando o Senhor com eles, e confirmando a Palavra com os milagres que a acompanhavam.

Leituras: Diretório da Liturgia e da Organização da Igreja no Brasil 2017 - Ano A - São Mateus, Brasília, Edições CNBB, 2016.

Citações bíblicas: Bíblia Mensagem de Deus, São Paulo, Edições Loyola e Editora Santuário, 2016.

Boa Nova para cada dia

A Liturgia da Palavra do Tempo Pascal deste dia cede lugar à da festa de São Marcos Evangelista.

Neste dia lemos o fim do Evangelho de São Marcos.

Aqui encontramos o resumo do último discurso de Jesus Ressuscitado aos onze apóstolos e a descrição de sua subida ao céu. Em seguida, no versículo 20, o evangelista documenta a obediência dos apóstolos a Jesus, pois saem pelo mundo pregando o Evangelho, com a ajuda de Deus, fazendo milagres.

Ora, São Marcos não foi um dos doze apóstolos escolhidos por Jesus. Como primo de São Barnabé, participou da primeira viagem missionária de São Paulo, de Antioquia da Síria até Perge na Panfília. Depois acompanhou São Pedro até Roma. E foi provavelmente em Roma, por volta do ano 60, que escreveu seu Evangelho. A tradição antiga diz que foi ele quem fundou a comunidade cristã de Alexandria, no Egito.

Os especialistas afirmam que seu Evangelho é o resumo da pregação de São Pedro. Deste modo podemos ler nas entrelinhas deste texto o que São Pedro anunciou sobre Jesus Cristo saindo pelo mundo afora, como diz, precisamente, o versículo 20 deste capítulo 16 do Evangelho de São Marcos.                

Fundamental nesta passagem é a ordem de Jesus aos doze apóstolos: o que deverão anunciar ao mundo todo será o Batismo para a remissão dos pecados. Deste modo os batizados serão salvos, e os que não crerem em Jesus serão condenados. Isto nos parece muito forte em nossos dias. Mas foi exatamente isto que Jesus disse (Mc 16,16). Em outras palavras: sem a fé em Jesus Cristo não há salvação. E foi isto que recebemos da Igreja primitiva e nisto cremos, todos nós, batizados.

É importante também lembrar como o antigo ensino da Igreja sobre a Ascensão de Jesus ao Céu, para estar no trono junto de Deus Pai, aparece em Mc 16,19. Foi por afirmar isto que Santo Estevão terminou apedrejado e morto pelos judeus: ele vira o céu aberto e Jesus à direita do Pai (At 7,55).

Por estas informações sobre Jesus e sua Igreja, lidas no Evangelho de hoje, e por tudo o mais que o Evangelho de São Marcos nos transmite sobre o início do cristianismo, sejamos gratos a Deus. A São Marcos peçamos, por sua intercessão, a compreensão do grande mistério de Jesus e da Salvação do mundo.

Autor: Pe. Valdir Marques, SJ, Doutor em Teologia Bíblica pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma.





Preencha seus dados abaixo e receba as novidades da Loyola.
Nome:
E-mail:
  
Sobre a Edições Loyola | Serviços Gráficos | Fale Conosco | Distribuidores e representantes | Revista Mensageiro | Liturgia Diária | Eventos | Política de Vendas | Política de Privacidade

Rua: Mil Oitocentos e Vinte e Dois, 341 - Ipiranga
CEP: 04216-000 - São Paulo - SP
Tel.: 11 3385-8500 | 2063-4275 | 3385-8501
Formas de Pagamento
Acompanhe
Youtube  
Certificados
© 2011 Edições Loyola . Todos os direitos reservados
Visualize este site com resolução mínima de 1024 x 768
DesignbyC10