Login  |   Cadastre-se   |   Fale Conosco  |   Trabalhe Conosco  |   Ajuda             Youtube  

18 de julho de 2018
Carrinho Vazio
Você está em: Home >> Liturgia Diária


Compartilhe: Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

Liturgia do dia 18/07/2018


Leituras
Is 10,5-7.13-16
Sl 93(94),5-6.7-8.9-10.14-15 (R/. 14a)
Mt 11,25-27

15ª Semana do Tempo Comum

Quarta-Feira

Primeira Leitura: Is 10,5-7.13-16

Assim fala o Senhor: 5 Ai da Assíria! Bastão do meu furor, bordão da minha indignação! 6 Enviá-lo-ei a uma nação ímpia e mandá-lo-ei contra o povo do meu furor, para pilhar e despojar e calcar aos pés como a lama das ruas. 7 Mas ele não julgava assim, nem seu coração pensava deste modo: seu coração só queria destruir e exterminar numerosas nações.13 Porquanto, ele asseverou: “Eu agi pelo esforço de minha mão e por minha sabedoria, porque eu sou inteligente! Eu aboli as fronteiras dos povos e apropriei-me dos seus tesouros. Como um poderoso, botei abaixo os que tronejavam. 14 Minha mão tirou como de um ninho a riqueza dos povos. Como se recolhem ovos abandonados, assim juntei toda a terra e não houve quem movesse a asa, nem abrisse a boca e soltasse um pio”. 15 Gloriar-se-á o machado contra o cortador? Levantar-se-á a serra contra o serrador? Como se fosse o bastão que movesse quem o ergue! Como se fosse o bordão que levantasse o que não é madeira! 16 Por isso o Senhor Javé dos exércitos enviará a magreza sobre os gordos; sob sua glória arderá febre como brasa de fogo.

Salmo: Sl 93(94),5-6.7-8.9-10.14-15 (R/. 14a)

R. Pois jamais o Senhor deixa o seu povo.

5 Senhor, esmagam teu povo, a tua herança maltratam; 6 matam viúva e estrangeiro, aos órfãos tiram a vida.

7 “O Senhor não vê (declaram); que importa ao Deus de Jacó?” 8 Tomai cuidado, imbecis; ó loucos, sede prudentes!

9 Quem plasmou nossos ouvidos acaso não ouviria? Quem modelou nossos olhos não saberia enxergar? 10 Ele, que educa as nações, esqueceria os castigos? Ele, que aos homens ensina toda a ciência que sabem?

14 Pois jamais o Senhor deixa o seu povo, ele nunca rejeita a sua herança! 15 Voltarão à Justiça os julgamentos, todos os homens retos vão segui-la.

Evangelho: Mt 11,25-27

25 Naquele tempo Jesus disse: “Eu te bendigo, Pai, Senhor do céu e da terra, por teres ocultado estas coisas aos sábios e entendidos e as teres revelado aos pequeninos. 26 Sim, Pai, porque desta maneira é que se realizou o que dispuseste na tua benevolência. 27 Todas as coisas me foram entregues por meu Pai. Ninguém conhece o Filho senão o Pai, nem alguém conhece o Pai senão o Filho e aquele a quem o Filho o quiser revelar.

Leituras: Diretório da Liturgia e da Organização da Igreja no Brasil 2018 - Ano B - São Marcos, Brasília, Edições CNBB, 2017.

Citações bíblicas: Bíblia Mensagem de Deus, São Paulo, Edições Loyola e Editora Santuário, 2016.

Boa Nova para cada dia

“ ... ninguém conhece o Filho, senão o Pai, e ninguém conhece o Pai, senão o Filho e aquele a quem o Filho o quiser revelar” (Mt 11,27).

Nos dias passados consideramos a pregação do Reino de Deus por Jesus e por seus apóstolos. Eles foram preparados para esta missão cuidadosamente por Jesus. Ele lhe dera instruções e os prevenira sobre as dificuldades que entrariam.

Mas o mais importante da missão dos apóstolos, quando anunciavam o Reino de Deus, era manifestar ao Povo Eleito quem era Seu próprio Deus, que na pessoa de Jesus se manifestava de maneira viva.

Jesus ensinou os discípulos que deviam ver Nele a imagem de Deus Pai.

“Quem me vê, vê o Pai” (Jo 14,9).

Mas este conhecimento de Deus Pai somente vinha aos homens através de Jesus:

“ ... ninguém conhece o Pai, senão o Filho e aquele a quem o Filho o quiser revelar” (Mt 11,27).

A quem o Filho quis revelar o Pai em primeiro lugar?

Foi a seus discípulos, os que deveriam sair pelo mundo anunciado o Pai e Seu Reino.

É deste modo que entendemos como a Deus é importante a participação de pessoas, escolhidas por Jesus, para o estabelecimento do Reino de Deus no mundo.

Nós somos tais pessoas, porque a nós Jesus mesmo Se doa na Eucaristia de Seu Corpo e de Seu Sangue. Nós conhecemos o Pai por meio Dele, e assim nossa vida se transforma num testemunho vivo de Deus e de Seu Reino.

Isto é o que dá todo o sentido e a importância de nossas vidas neste mundo.

Na Vida Eterna encontraremos Deus que nesta vida terrena testemunhamos, mesmo sem saber completamente quem é Ele. Na Vida Eterna O veremos tal como é. E na felicidade sem fim, saborearemos seu amor plenamente.

Autor: Pe. Valdir Marques, SJ, Doutor em Teologia Bíblica pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma.





Preencha seus dados abaixo e receba as novidades da Loyola.
Nome:
E-mail:
  
Sobre a Edições Loyola | Serviços Gráficos | Fale Conosco | Distribuidores e representantes | Revista Mensageiro | Liturgia Diária | Eventos | Política de Vendas | Política de Privacidade

Rua: Mil Oitocentos e Vinte e Dois, 341 - Ipiranga
CEP: 04216-000 - São Paulo - SP
Tel.: 11 3385-8500 | 2063-4275 | 3385-8501
Formas de Pagamento
Acompanhe
Youtube  
Certificados
© 2011 Edições Loyola . Todos os direitos reservados
Visualize este site com resolução mínima de 1024 x 768
DesignbyC10